Existem tantas diferenças naquilo que um rapaz e uma rapariga fazem no fim de um namoro. As raparigas têm por habito de sofrer mais, choram dramaticamente, vêem constantemente todas as conversas e fotografias, o pensamento ocupa-se de memorias e acham que a felicidade só existe ao lado da pessoa amada. Os rapazes aproveitam para estar com os amigos, dizer que a rapariga foi só tempo perdido, que nunca gostaram dela e a cima de tudo tentam arranjar outra rapariga logo de seguida. Com o passar do tempo as coisas mudam imenso. As raparigas começam a preocupar-se mais com elas e a deixar todos os rapazes de lado, apagam todas as memorias e queimam todas as fotografias, começam a acreditar que a felicidade apenas pode ser construida por elas e que nenhum rapaz lhes destroi o sorriso. Os rapazes começam a sentir falta, a ver o que perderam e o que deixaram para trás, começa a custar-lhe ver que a ex namorada seguiu em frente, tentam aproximar-se e quando vem que já não tem sucesso tentam esquecer a pessoa amada agarrando-se à primeira que aparecer.

1 comentário:

lena disse...

já me aconteceu duas vezes, muito bom e tão verdade !